Início

Últimas notícias

terça-feira, 21 de setembro de 2010

Íris lidera em Goiânia e Vanderlan sobe

Segundo  pesquisa Gupom/Rádio 73 divulgada hoje (20 Set.) , o eleitor da capital goiana quer segundo turno para o Governo, com margem de 10 pontos percentuais, sendo que o candidato pela coligação Goiás Rumo ao Futuro, Iris Rezende  (PMDB), tem preferência e lidera na capital. Marconi Perillo (PSDB) aparece em segundo. Noentanto, a vantagem do peemedebista está além da margem de erro.
O candidato da coligação Goiás no Rumo Certo, Vanderlan Cardoso (PR) é o terceiro colocado eapresenta crescimento considerável, chegando à metade do tucano, levando em conta os votos válidos.
Em algumas estratificações, Vanderlan apresenta índices acima de 40 pontos e fica à frente de Marconi em duas situações.
Outro dado novo é que os senadoriáveis Lúcia Vânia e Pedro Wilson “encostam” em algumas situações, mostrando que a segunda vaga para o Senado não está definida na capital.
De acordo com a pesquisa Grupom, Iris é mais forte entre estudantes, Vanderlan lidera entre professores e Marconi tem preferência dos aposentados. 
 Um dado interessante da pesquisa Grupom feita exclusivamente em Goiânia é a estratificação do voto de acordo com a profissão do eleitor entrevistado.
Neste levantamento, Iris lidera com folga entre estudantes, industriais,  comerciantes,
empresários, profissionais liberais de nível médio, seguranças e autônomos.
O peemedebista também lidera – mas com margem apertada – entre donas de casa e profissionais liberais de nível superior. Marconi Perillo é o preferido das pessoas que ocupam “atividades femininas”, motoristas, aposentados e funcionários públicos. Já Vanderlan Cardoso lidera com folga entre representantes comerciais e professores. O candidato do PR também tem bom desempenho (próximo do primeiro lugar) entre aposentados e funcionários públicos.
Iris lidera em Goiânia e Marconi é mais rejeitado .

A intenção de voto em Goiânia favorece Iris e desprivilegia Marconi, segundo Grupom. 
Apesar da intensa campanha de rua na capital – com atividades praticamente diárias – o candidato a governador Marconi Perillo (PSDB) não consegue reverter a desvantagem que tem em Goiânia.  16,1% de Vanderlan Cardoso.
Segundo levantamento Grupom/Rádio 730 feito exclusivamente entre eleitores de Goiânia, Iris Rezende (PMDB) mantém liderança confortável na cidade em que foi prefeito até março deste ano e Vanderlan Cardoso continua crescendo.
Marconi, agora, lidera a rejeição: 25,9% dos eleitores  dizem que jamais votariam nele.
Em pesquisa feita com 602 eleitores goianienses de 15 a 17 de setembro, o Grupom apurou que Iris Rezende tem 40,9% das intenções de voto na pesquisa estimulada contra 32,2% de Marconi Perillo e 
A candidata do PCB, Marta Jane, alcançou 1,3% das intenções de voto e Washington Fraga (PSOL) tem 0,2%. Pretendem anular o voto 3,2% dos eleitores e estão indecisos 6,1% dos goianienses. A margem de erro da pesquisa é de 3,9 pontos para mais ou para menos.
No levantamento espontâneo, Iris tem 31,9%, Marconi alcança 28,2% e Vanderlan possui 12,8%.
Marta Jane tem 0,7% e Washington Fraga não foi citado. Os indecisos, nulos e brancos somam expressivos 26,4%.
Em termos de votos válidos, Iris teria hoje 45,1% dos votos dos goianienses, Marconi alcançaria 35,5% e Vanderlan aparece com 17,8%.
No cruzamento por sexo, Iris e Marconi tem a maioria de seus votos entre os homens, enquanto Vanderlan e Marta possuem a maior parte de seus eleitores no público feminino.
No quesito idade, quanto mais jovem é o eleitor, mais votos tem Iris Rezende. Já quanto mais velho o eleitor, mais votos Marconi e Vanderlan alcançam.
Na divisão da cidade em partes, Iris lidera em sete das oito regiões da capital. Sua liderança mais expressiva é na parte Noroeste da cidade, onde alcança 51% contra 29,6% de Marconi. Já Marconi Perillo lidera na parte Sudeste de Goiânia, com 32% contra 24% de Vanderlan e 20% de Iris. O melhor desempenho de Vanderlan ocorre no Leste de Goiânia, onde possui 26,7% das intenções de voto, 1,1 ponto porcentuais a mais que Marconi Perillo e 10 pontos a menos que Iris Rezende.
É no Sudeste de Goiânia que está a maior quantidade de indecisos (12%) e também o maior número de eleitores dispostos a anular o voto (8%).
Em grau de instrução, a eleição entre goianienses fica embolada entre os chamados formadores de opinião – aqueles eleitores que possuem curso superior. Neste  público, Iris Rezende tem 32,2% das intenções de voto contra 27,6% de Vanderlan e 27% de Marconi.
Entre os eleitores que possuem até primeiro grau, Iris tem 19,3 pontos de diferença para 
Marconi. Vanderlan tem 9,4% das intenções de voto.
Na divisão por renda mensal do entrevistado, Iris é mais forte entre os mais pobres, enquanto Marconi e Vanderlan alcançam desempenhos mais favoráveis entre os mais ricos. Entre os que ganham até 3 salários-mínimos, Iris tem 42,6% contra 32,7% de Marconi e 11,2% de Vanderlan. Já entre aqueles que recebem mais de 10 salários-mínimos, Marconi tem 36,8% contra 35,1% de Iris e 22,8% de Vanderlan.
Na clivagem por religião, Iris tem sua maior vantagem entre os evangélicos e entre aqueles que não possuem religião. Vanderlan e Marconi têm seus melhores desempenhos entre os espíritas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário