Início

Últimas notícias

segunda-feira, 27 de setembro de 2010

Incidente em carreata de Íris Rezende deixa cerca de 10 pessoas feridas

Uma explosão de rojões em uma caminhonete F-4000 da carreata do candidato ao governo de Goiás, Íris Rezende (PMDB/PT/PcdoB), atingiu duas casas e provocou ferimentos em pelo menos 10 pessoas na tarde deste domingo (26/9) na quadra 97 da Cidade do Entorno, em Águas Lindas (GO).

Segundo a médica Aline Saliba, do Hospital Municipal Bom Jesus, as vítimas foram atendidas com queimaduras de 1º e 2º grau e ferimentos nas pernas, nos braços e na cabeça por conta de estilhaços de vidro e das explosões. Entre os feridos, havia três crianças e um bebê de dez meses. Duas mulheres precisaram ser transferidas para o Hospital Regional de Brazlândia para exames de raio-X. Todos passam bem.

A polícia de Goiás ainda apura o que pode ter provocado a explosão. As informações ainda estão desencontradas. Cabos eleitorais dos candidatos afirmam que um suposto motoqueiro teria arremessado uma bola de fogo na caminhonete. Segundo o candidato à vice-governador de Goiás, o deputado federal Marcelo Melo, houve um atentado à campanha. "Estou estarrecido. Acredito que esse foi um atentado com motivo político. Nosso trabalho aqui na região é forte. Já tinha, inclusive, sido alertado sobre um possível atentado em Águas Lindas, mas não acreditei", disse.

Moradores e convidados de uma festa que ocorria numa casa na rua por onde passava a carreata afirmam não ter visto nenhuma moto. "Não vimos motoqueiro algum. O que aconteceu foi uma fatalidade. No momento em que o rojão foi disparado, ao invés de ele ir para cima, ele foi para baixo causando a explosão. Acredito que possa ter sido defeito do rojão ou falha humana", afirma Antônio Sérgio Jorge Lopes, 21 anos, gesseiro que mora na casa atingida pela explosão.

Fonte: CORREIO BRAZILIENSE: http://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia182/2010/09/26/noticia_eleicoes2010,i=214951/PELO+MENOS+10+PESSOAS+FICAM+FERIDAS+EM+ATENTADO+A+CANDIDATOS+AO+GOVERNO+DE+GOIAS.shtml

Nenhum comentário:

Postar um comentário