Início

Últimas notícias

sábado, 11 de setembro de 2010

IBOPE: Marconi e Íris caem, Vanderlan sobe o dobro

Em todas as pesquisas eleitorais até aqui, é a primeira vez que foi encontrada uma queda de porcentagem nos votos de Marconi. Íris, que tinha uma queda muito grande, agora conseguiu cair menos que antes.
Vanderlan dobrou a quantidade de votos que tinha. Saiu de 5 para 10% e começa a se cogitar no segundo turno entre Marconi e Vanderlan.
Enquanto isso, para as duas vagas do Senado, Demóstenes e Lúcia Vânia continuam na frente sempre subindo se garantindo para mais um pleito. Os demais concorrentes ainda não conseguiram ameaçar os dois primeiros e ao que tudo indica, para o Senado as coisas já estão encaminhadas. No entanto, existem mais 20 dias pela frente e pode haver grandes mudanças.


Confira abaixo a matéria do "Portal 730" e a pesquisa é do IBOPE e foi divulgada no dia 10 de setembro.


"Mais uma rodada da pesquisa IBOPE, contratada pela TV Anhanguera, com intenções de voto para o governo de Goiás foi divulgada nesta sexta-feira (10). De acordo com a pesquisa, se as eleições fossem hoje, haveria segundo turno em Goiás, pois a soma dos demais candidatos ultrapassa o percentual do primeiro colocado. 

O candidato do PSDB, Marconi Perillo lidera com 42% das intenções de voto. Iris Rezende, do PMDB, foi lembrado por 33% dos eleitores e Vanderlan Cardoso (PR) apareceu com 10%. A candidata do PCB, Marta Jane e Washington Fraga (PSOL) não chegaram a 1%.
Considerando o último levantamento do Ibope, Marconi caiu três pontos percentuais de 45% para 42%, no limite da margem de erro. Iris oscilou para baixo, de 34% para 33% e Vanderlan subiu de 5% para 10%.
Senado
O IBOPE também ouviu as intenções de voto para o Senado. Em relação à última pesquisa, Demóstenes Torres (DEM) subiu de 43 para 49%. Lúcia Vânia (PSDB) cresceu de 36 para 39% e Pedro Wilson (PT) oscilou de 16 para 15%.

Paulo Roberto Cunha (PP) manteve os mesmos 7%. Adib Elias (PMDB) oscilou para cima, indo de 6 para 7%. Renner (PP) subiu para 6%.

O senadoriável do PSOL, Elias Vaz, caiu de 5% p/ 3%. Rubens Donizete (PSTU) tem 2% e Bernardo Bispo, do PCB tem 1%.

O IBOPE ouviu 802 eleitores entre os dias 07 a 10 de setembro e foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número 41387. A margem de erro da pesquisa é de 3%."

Nenhum comentário:

Postar um comentário