Início

Últimas notícias

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Situação dos candidatos ao governo do estado de Goiás nas pesquisas

Em pesquisa realizada na internet conseguimos extrair diversas matérias sobre as situações dos candidatos à vaga de governador do estado de Goiás nas pesquisas eleitorais de diversos institutos. Confira abaixo as principais matérias sobre o assunto abaixo com suas respectivas fontes e datas de publicação:


Matéria do dia 02 de agosto,

GO: pesquisa mostra Marconi Perillo à frente de Íris Rezende

GOIÂNIA - A quarta pesquisa de intenção de votos do Instituto Serpes publicada no jornal O Popular, de Goiânia, confirma nesta segunda-feira, em levantamento estimulado, a vantagem na disputa para o governo do Estado do candidato do PSDB, Marconi Perillo, com 46,7% das intenções de voto. Perillo abre mais de sete pontos em relação aos principais adversários, Iris Rezende, do PMDB, com 39%, e Vanderlan Cardoso, do PR, com 5,5%. Os dois outros candidatos no pleito não passaram a barreira de um ponto percentual: Marta Jane, do PCB, teve 1%, e Washington Fraga, do Psol, 0,3%. Votos brancos e nulos somam 2,6%.

A margem de erro da pesquisa desta segunda, de 3,1 pontos percentuais, é a mesma do levantamento anterior do Instituto, publicado em 12 de julho, quando Marconi Perillo (PSDB) alcançava 46,1% das intenções de voto, diante de 39,3% do Iris Rezende (PMDB) e Vanderlan Cardoso, 6,5% das intenções de voto. A diferença entre a pesquisa anterior e a atual oscila dentro da margem de erro.
A novidade do levantamento é o empate técnico entre Iris e Marconi mostrado na pesquisa espontânea (quando o pesquisador não apresenta os nomes dos candidatos). O tucano tem 25,2% das intenções de voto, diante de 20,9% de Iris. Isso configura empate técnico porque a diferença entre eles é menor do que a soma das margens de erro de cada candidato. Além disso, a margem de eleitores indecisos em Goiás é grande, segundo o Serpes - 48,8% dos goianos ainda não sabem em quem votar.
A pesquisa, feita entre os dias 24 e 29 de julho, foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o número 32740/2010 , e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 20651/2010, ambas no dia 23 de julho.

Fonte da matéria: http://jbonline.terra.com.br/pextra/2010/08/02/e020822708.asp


Matéria do dia 25 de julho,

Marconi abre 20 pontos de vantagem
Pesquisa realizada pelo Instituto Ecope do Brasil/Diário da Manhã aponta o candidato da coligação Goiás Quer Mais, Marconi Perillo (PSDB), com 20,4 pontos percentuais de vantagem para o candidato da coligação Goiás Rumo ao Futuro, Iris Rezende (PMDB). O tucano tem 57,6% dos votos válidos, contra 37,2 % do peemedebista. Vanderlan Cardoso (PR), da coligação Goiás no Rumo Certo, aparece com apenas 4% das intenções. Washington Fraga (PSol) tem 0,4% e Marta Jane (PCB), 0,8%.

O Ecope ouviu 6.470 pessoas em 50 municípios goianos, incluindo Goiânia e Aparecida. A pesquisa estimulada mostra que Marconi venceria a eleição no primeiro turno. O instituto considerou votos válidos. Brancos e nulos são descartados sob o argumento de que a Justiça Eleitoral adota este mesmo critério na apuração das urnas. A margem de erro da pesquisa é de 1,5% para mais ou para menos. O levantamento foi realizado entre os dias 6 e 24 de julho.
A pesquisa mostra crescimento de Marconi em relação à última Ecope/DM, publicada em 20 de junho. Marconi também venceria no primeiro turno com 54,9% das intenções de votos válidos. Já Iris teve queda de 2,9%. O peemedebista tinha em junho 40,1% das intenções de votos (agora tem 37,3%). Quem também caiu foi o candidato da frente alcidista. Na última rodada, Vanderlan tinha 4,3%, agora tem 4%. O candidato do PSol foi outro que caiu 0,3%. Em junho, Marta Jane não aparecia porque não estava na disputa pelo Palácio das Esmeraldas.
A última pesquisa também foi realizada em 50 municípios goianos, entre os dias 2 e 18 de junho. A margem de erro foi de 2,7 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa de hoje foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) com o número 29080/2010.
O senador Marconi não lidera apenas nas pesquisas Ecope/DM. Todos os levantamentos feitos em Goiás até o momento mostram que o tucano tem boa vantagem em relação ao principal rival, Iris Rezende. Na última sondagem realizada pelo Instituto Grupom, em parceria com o Jornal Opção e Rádio 730, também em junho, Marconi tinha na estimulada sete pontos de vantagem (45,1 % a 37,7%) sobre Iris. Na rodada, Vanderlan teve seu maior índice: 7,1%, contra 1,7% de Enio Tatico (PRP) e 0,2% de Washington Fraga (PSol).
Por Márcia Abreu.
Fonte: http://site.dm.com.br/noticias/politica-e-justica/marconi-abre-20-pontos-de-vantagem


Matéria do dia 17 de julho,

Marconi reduz vantagem de Íris em Goiânia
O candidato da coligação Goiás Quer Mais, Marconi Perillo (PSDB) diminuiu a vantagem do candidato da coligação Goiás Rumo Futuro, Iris Rezende (PMDB), no principal reduto eleitoral do peemedebista: Goiânia. É o que mostra a nova rodada da pesquisa Ecope/Diário da Manhã, realizada entre os dias 7 e 10 de julho na Capital.

De acordo com o levantamento, Iris caiu 8,7 pontos percentuais em comparação à última rodada, realizada entre os dias 5 e 10 de junho. Antes com 58,2%, o peemedebista aparece agora com 49,5%. Marconi, por sua vez, apresentou oscilação positiva de 8,2 pontos percentuais, e subiu de 34% para 42,2%.
O candidato a governador da coligação Goiás no Rumo Certo, Vanderlan Cardoso (PR), caiu de 7,4% para 6,5%. Washington Fraga (PSol), que apresentou 0,4% na última rodada, não foi mencionado desta vez. Marta Jane (PCB), que estreia em pesquisas do Ecope, tem 1,8%.
O instituto leva em conta apenas os votos válidos, seguindo prática que a Justiça Eleitoral adota na apuração das urnas. Foram descartados, desta forma, votos brancos e nulos.
No último dia 11, o Instituto Serpes divulgou pesquisa em que Iris aparecia à frente de Marconi na Capital, com 46,6% das intenções de voto, contra 35,7% do tucano. Vanderlan, 12,7%. O Fortiori também analisou o comportamento dos eleitores de Goiânia este mês, e anotou o seguinte quadro: Iris 51,5%; Marconi 31,7%; e Vanderlan, 5,6%.
O Instituto Ecope ouviu 600 pessoas entre os dias 7 e 10 de julho. A margem de erro é de 2,7 pontos percentuais para mais ou para menos.
Por Alexandre Bittencourt.


Fonte: http://site.dm.com.br/noticias/politica-e-justica/marconi-reduz-vantagem-de-iris-em-goiani
 
 
Esta matéria foi publicada em 3 de agosto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário